MIRANTE 1

Apenas um grande caderno de notas. Um mirante de onde eu olho tudo e qualquer coisa e bato nas teclas pra registrar.

nothing to say

Eu quero escrever. Porém, uma ansiedade sem tamanho toma conta das minhas pernas inquietas e minha mente esvoaçante.
Os problemas cotidianos me sufoca e deixa a criatividade se perder na planta dos meus pés, enquanto as minhas pernas se mexem, quase tremem, sem parar.
As incertezas do início da vida adulta gritam dentro da mente e é capaz de enlouquecer muita gente, que pra calar essa voz irritante e permanente prefere a alienação.
Cuidado com esse termo. Normalmente penso em zumbis perdidos olhando para uma televisão ou computador qualquer. Porém, alienação pode estar escondida no simples fato de se tornar apático sobre tudo. Quando a vontade de filosofar e refletir sobre as bobagens da vida não estão mais lá…
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 9 de agosto de 2010 por em Textos e ensaios....
%d blogueiros gostam disto: