MIRANTE 1

Apenas um grande caderno de notas. Um mirante de onde eu olho tudo e qualquer coisa e bato nas teclas pra registrar.

Sabedoria, Justiça, e Amor

Wisdom, Justice, And Love

“I come to this magnificent house of worship tonight because my conscience leaves me no other choice… A true revolution of values will lay hand on the world order and say of war, ‘This way of settling differences is not just.’ This business of burning human beings with napalm, of filling our nation’s homes with orphans and widows, of injecting poisonous drugs of hate into the veins of peoples normally humane, of sending men home from dark and bloody battlefields physically handicapped and psychologically deranged, cannot be reconciled with wisdom, justice, and love…” -Martin Luther King Jr.

Sabedoria, Justiça, e Amor

“Eu venho a esta magnífica casa de culto hoje à noite, porque minha consciência não me deixa outra escolha … Uma verdadeira revolução de valores lançará mão na ordem do mundo e dizer da guerra,” Esta forma de resolver as diferenças não é justo. ” Esse negócio de queima seres humanos com napalm, de encher os lares da nossa nação com órfãos e viúvas, de injetar drogas venenosas de ódio nas veias de pessoas normalmente humanas, de enviar homens de suas casas para campos de batalha escuros e sangrentos fisicamente deficientes e psicologicamente perturbados, não pode ser conciliado com sabedoria, justiça e amor … ” -Martin Luther King Jr.

Iridescent

When you were standing in the wake of devastation/When you were waiting on the edge of the unknown/And with the cataclysm raining down/Insides crying, “Save me now”/You were there impossibly alone/

Do you feel cold and lost in desperation/You build up hope but failure’s all you’ve known/Remember all the sadness and frustration/And let it go/Let it go

And in a burst of light that blinded every angel/As if the sky had blown the heavens into stars/You felt the gravity of tempered grace/Falling into empty space/No one there to catch you in their arms

Do you feel cold and lost in desperation/You build up hope but failure’s all you’ve known/Remember all the sadness and frustration/And let it go/Let it go

Iridescente

Quando você estava em pé na esteira da devastação/Quando você estava esperando na beira do desconhecido/E com o cataclismo chovendo/Por dentro gritando, “Salve-me agora”/Você estava lá impossivelmente sozinho

Você sente frio e perdido em desespero/Você construiu a esperança, mas o fracasso é tudo que você conhece/Lembre-se de toda a tristeza e frustração/E deixe pra trás/Deixe pra trás

E em uma explosão de luz que cega todos os anjos/Como se o céu tivesse explodido o céu em estrelas/Você sentiu a gravidade da graça temperado/Caindo em um espaço vazio/Ninguém lá para pegá-lo em seus braços

Você se sente frio e perdido em desespero/Você constrói a esperança, mas o fracasso é tudo que você conhece/Lembre-se de toda a tristeza e frustração/E deixá pra trás/Deixe pra trás

######

Acaba o primeiro turno da eleição 2010.

Pela primeira vez votei com segurança e confiança em uma candidata, Marina Silva. Não dei o meu voto por conta da personalidade, mas pelo seu programa de governo- o único apresentado entre os candidatos – e também pela sua nova maneira de enxergar e fazer política. Além do novo arcabouço de ideias e forma de ser, voltados a sustentabilidade.

A responsabilidade ambiental e a nova maneira de se pensar mazelas sociais e suas soluções, tudo isso sem deixar de lado o crescimento econômico é a nova maneira de se pensar a sociedade – cada vez mais.

Confesso, fico muito triste com o resultado. Afinal, queria que ela fosse a presidente do País a partir do ano que vem. Mas vejo a serenidade do seu pronunciamento e a sua segurança de que os 20% dos votos brasileiros conquistados demonstra uma nova forma de pensar e avaliar do eleitorado – e isso, me enche de esperança e fé nas pessoas.

É isso, de repente, que faz falta. A vontade de acreditar em algo e a oxigenação da esperança. Os processos e dinâmicas da política no Brasil só me traziam decepção. Em maior ou menor escala. Vide escandalos em Ministério da Casa Civil ou na Universidade em que estudo (que é uma autarquia municipal, mas tem a postura de particular e de celeiro de votos dentro do ABC paulista ou de trampolim político).

Desde escândalos em processos de administração no governo federal, até a simples gestão de verba do Diretório Central dos Estudantes que participei, a falta de transparência e o grande número de interesses ilegítimos diferentes fere a nossa vontade de participação em processos políticos.

E durante esses episódios, a esperança se desfez, mas nesse domingo, ela se renova.

Eu não concordo como a forma de democracia está estabelecida no Brasil. Acho que ela foi resultado de uma correria sem planejamento do final dos anos 1980. Suas regras devem ser melhor pensadas, a liberdade das pessoas e a harmonia das convivências devem ser repensadas. A nova reflexão deve existir e conforme a geração de maior expressão nos votos da Marina (a minha geração) passa a amadurecer, aparentemente, como um grito de terra à vista, eu acredito que essa reflexão chegará ao centro da sociedade.

Será o momento do Brasil redemocratizado 2.0.

Um país referência em todo o mundo. Pelo lado da agenda ambiental, mas também com o espírito simpático e conciliador, mediará conflitos entre outras nações e mostrará alternativas interessantes de evolução social, intelectual, pessoal e moral dentre a civilização humana.

Aprenderemos e mostraremos aos outros novas formas de trabalhar em benefício do próximo, com uma bandeira de paz e entendimento empático das necessidades sob o véu da justiça social.

Seremos embaixadores da paz e redescobridores de uma verdade há milênios (pelo menos uns dois) adormecida em nós mesmos e que de vez em quando, pessoas levantam das massas nos momentos de maiores dificuldades e demonstram.

Posso citar exemplos de injustiça e crueldade, mas na mesma medida, também cito exemplos de sabedoria, justiça e amor.

O cenário político brasileiro devagar muda, e bebe da fonte das nossas cabeças, jovens vanguardistas que refazem o próprio conceito de vanguarda. Twitters, facebooks, orkuts, blogs, canais do youtube. Nossa sabedoria coletiva é muito maior do que a de qualquer gênio que já tenha encarnado nesse planeta. E com essa coletividade – cada vez mais latente – de 140 caracteres ou dez minutos de vídeo, devagar, vamos conquistando um novo cenário, uma nova terra, um novo Brasil.

E é essa esperança renovada que me traz esse sentimento reconfortante, nessa noite de 03 de outubro, de 2010.

And that can be reconciled with wisdom, justice and love…

E isso pode ser reconciliado com sabedoria, justiça e amor…

Anúncios

Um comentário em “Sabedoria, Justiça, e Amor

  1. Pingback: Tweets that mention Sabedoria, Justiça, e Amor « MIRANTE -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 4 de outubro de 2010 por em Política, Textos e ensaios....
%d blogueiros gostam disto: