MIRANTE 1

Apenas um grande caderno de notas. Um mirante de onde eu olho tudo e qualquer coisa e bato nas teclas pra registrar.

Lorinha

2013-06-23-21-04-37-1-1

Lorinha dos zóio verde como o mar,
que me encanto feito Iemanjá,
e me fez naufragá
Pra modo de a gente se encontrá
E no teu pescoço respirá
Pra seu cheirinho eu cheirá
E cada vez mais me apaixoná!

Lorinha dos lábios de mel,
eu que já experimentei fel,
mas os teus me levam pro céu,
cuida desse coração de papel.

Lorinha da boca doce como caqui
Não quero mais que saia daqui
Vem junto, vamo fugi
Que eu canto pra ti
o canto do bem-te-vi

Lorinha dos cabelos feito o sol,
brilham como farol
me fisgou feito anzol
me incendeia feito pólvora de paiol

Lorinha que roubou meu coração
Te escrevi essa canção
Pra dizer que com tu divido meu pão
e se tu disser não
Você mata eu, feito bala de canhão
ô seu tempo, me dê mais uma porção
Não quero voltar pro chão
Deixa ela no meu abraço, aqui perto do coração.
Pra ir embora nunca mais não!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 24 de junho de 2013 por em Caderninho, Textos e ensaios... e marcado , , .
%d blogueiros gostam disto: