MIRANTE 1

Apenas um grande caderno de notas. Um mirante de onde eu olho tudo e qualquer coisa e bato nas teclas pra registrar.

Diamante

olhos verdes

Qualquer carinho é diamante
Todo olhar desconcertante
E os sussurros, vibrantes

Das pontas das unhas, bem desenhadas e pintadas
Mãos em miragem, delicadas enganam
desviam dos sentidos às curvas
aos caminhos
os teus

Qualquer palavra apaixonante
escrita, lida, tatuada, constante
arranhando a paisagem in-pressionante

Ideal o meu conceito seu
Que de meu virou “teu”
Como tu gosta de escrever
das primeiras mensagens que meus olhos procuram reler

Toda investida traz um suspiro
escapa o fôlego
princesa, pequena
Preciosa, única
De esmeralda virou
Diamante

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 22 de janeiro de 2014 por em Caderninho, Textos e ensaios... e marcado .
%d blogueiros gostam disto: