MIRANTE 1

Apenas um grande caderno de notas. Um mirante de onde eu olho tudo e qualquer coisa e bato nas teclas pra registrar.

Na Estrada: Playlist

Dezembro… quase 15 dias pra virar o ano… e aquela quebrada na rotina que se arrastou nos últimos 12 meses, 52 semanas, 365 dias…

Essas duas semanas de natal e ano novo passam rápido. Mas a gente passa o mês inteiro pensando no final dele. Mais uma chance, mais um ano…

Mas antes disso, você muito provavelmente vai cair na estrada e se ainda não descobriu os prazeres sem fim de pilotar uma motocicleta, vai ter que usar o carro e passar algumas horas enfurnado nele até conseguir sair da cidade.

Por conta disso, separei uma playlist, de leve, pra cair na estrada. Meu conselho, viaje às 4 a.m. O trânsito ainda é mais leve, o ar da madrugada faz bem à estrada, tome um café da manhã num posto de gasolina há uns 20km daqui e veja o Sol nascer com o asfalto sob seus pés…

road-trip-ftr

Começando… vrum vrum….

… com o óbvio. Born to be Wild é uma daquelas músicas que capturam o espírito de algo e essa é a música da estrada.

Turn the page

Mais down, essa canção foi lançada pelo Bob Seger, em 1973. A música se eternizou e foi regravada pelo Metallica (que tem minha versão preferida) e conta, mais uma vez, a questão dos caminhos na vida. Reflexiva, o personagem está cansado, assim como você deve estar de saco cheio desse ano de merda e quer que o próximo venha logo.

Sweet Home Alabama

Provavelmente você só sabe cantar a primeira frase da música (além do refrão maravilhosamente grudento)

Big wheels keep on turning… nã nã nã nã nã…

Hit the Road Jack

And don’t you come back no more, no more, no more, no more…

Ray Charles, cara

Beatiful Day

Antes de odiar o U2 virar moda, antes do mito do Bono ambinetalista/humanitarista se tornar maior do que a vibe ~cool~da banda, o U2 fazia músicas como essa. Ela vai lá no meio do seu peito e te mostra a tocar o fod*-se de todos seus problemas.

“You’re out of luck
And the reason that you had to care
The traffic is stuck
And you’re not moving anywhere
You thought you’d found a friend
To take you out of this place
Someone you could lend a hand
In return for grace

It’s a beautiful day
Sky falls, you feel like
It’s a beautiful day
Don’t let it get away”

Road Trippin’

Ah, os anos 2000 foram ótimos para o Red Hot Chilli Peppers, e a vibe de pegar estrada e se perder por aí está toda impregnada nessa música – e vídeo. Dá até vontade de aprender a surfar – e ter um pai rico com uma puta casa na praia…

Hotel California

Você pode pensar, “puta clichê, cara”. Sim. E eu te devolvo, “quanto as coisas não precisam ser verdade para se apropriar de algo, virar referência e se tornar um clichê para certa situação?”

Hotel California é isso, meu caro. Estrada, hotel, viagem e os mistérios de uma paisagem pra outra…

Ride like the Wind

“So I’ll ride like the wind.
Gonna run like the wind”.

Dois estrofes que você pode cantar na estrada e fazem todo o sentido.

The Pessenger

Essa música pede pra ser tocada na estrada… nossa cara, esqueci de colocar no pen drive essa… tsc.

Radio Nowhere

Muito provavelmente vão pedir “Born to Run” nesse spot. Mas essa pra mim é a melhor música do Springsteen. Curioso que as notas são quase as mesmas de The Pessenger. É impressionante como essa combinação combina com a liberdade e alegria de se estar a 100km/h.

Ghost Riders in the Sky

Cara, Johnny Cash e Willie Nelson cantando Hip Ay Yeeey! Hip Ay Owwwwwww…. Ghost Riders in The Skyyyyyyy

Can’t get any cooler than that.

+ Bon Jovi

Haters gonna hate

Jon Bon Jovi – Miracle “nossa cara, que gay”. Desencana cara. Você tem que entender que esse era o espírito do início dos anos 1990. As coisas eram menos complicadas. Haviam menos pedágios… rs… porra, tem o Joey, do Friends (série besta, mas que é a cara dos anos 1990). E a música cai muito bem pra estrada.

E tem Harleys no clipe.

Wanted dead or alive

Dois motivos, esse solo e esse refrão

“Cause I’m a cowboy, on a steel horse I ride
I’m wanted (wanted) dead or alive
‘Cause I’m a cowboy, I got the night on my side
I’m wanted (wanted) dead or alive
And I ride, dead or alive
I still drive, dead or alive”

Lost Highway

E sim, a banda tem uma música feita só pra estrada, dedicada a ela e que captura com firmeza a sensação gostosa de estar pilotando/dirigindo rumo a próxima curva. Deixei essa música pro final porque quero que você tenha essa sensação quando estiver viajando. Ano que vem, as coisas serão melhores (e tem mulheres em Harleys no clipe). o/

“In my rearview mirror
My life is getting clearer
The sunset sighs and slowly disappears
These trinkets once were treasure
Life changes like the weather
You grow up, grow old, or you hit the road ‘round here
So I drive (drive drive)
Watching white lines passing by
My plastic dashboard Jesus
Waiting there to greet us”

PS: Faltou alguma?

PS2: Deixei todas as músicas em português que pensei pra essa lista de fora. Talvez eu monte uma com músicas brasileiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 15 de dezembro de 2014 por em "Interantissedades", Itinerante, Música e marcado , , , , , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: